BLOG

Protetor Bucal: Conheça os diferentes tipos e saiba qual é o melhor para o seu esporte.

A prática da maioria dos esportes está sujeita a quedas, contatos físicos bruscos e choques, portanto existe um risco considerável de ocorrer traumas irreparáveis ou até mesmo a perda dos dentes, por isso é recomendável usar um protetor dentário.

A Associação Americana de Odontologia (ADA) estima que um terço de todos os traumatismos bucais estão relacionados com práticas desportivas. O uso de protetor bucal poderia evitar mais de 200.000 ferimentos bucais a cada ano, o uso deste aparelho pode reduzir em até 80 % o risco de trauma dental, pois ajuda a dissipar o impacto dos dentes, gengiva, queixo e articulações.

Na musculação e fisiculturismo, apesar de não ser um esporte de contato, muitas vezes a força feita para levantar os halteres é muito intensa e o atleta tende a travar os dentes. Neste caso a função do protetor bucal, além de proteger a articulação da arcada, é de proporcionar um alívio na musculatura da face e também proteger as pontas dos dentes de desgastar e trincar.

Conheça os diferentes protetores bucais que existem no mercado:

• Protetor pré-fabricado: É o protetor mais simples e barato que existe, possui uma estrutura em tamanhos pré-determinados P, M e G. Geralmente a adaptação não é muito eficiente pois o usuário precisa ficar com os dentes serrados para que o protetor não caia. Isto causa dificuldades na fala, respiração e ingestão de líquidos. O ponto positivo é que ele é barato e pode ser comprado facilmente em lojas esportivas por cerca de R$ 20,00.

Protetor Termoplástico: Conhecido também como aquece e morde ou moldável, este protetor é parecido com o pré-fabricado, mas com a vantagem de poder ser moldado ao formato dos dentes do usuário e em casa. Para fazer o molde basta colocar o protetor na água quente até amolecer, depois passar ele pela agua fria e ai sim colocar na boca para moldar com o auxílio dos dedos e da língua. O aparelho precisa estar quente para ser moldado, por isso é necessário ter cuidado na hora da moldagem para não se queimar. Este processo de moldagem caseira pode comprometer a espessura em alguns pontos do protetor, reduzindo consideravelmente o nível de proteção. Comparado ao protetor pré- fabricado este já possui algumas vantagens e apesar de não ficar perfeitamente adaptado na boca já permite mesmo com dificuldade a fala e respiração. Este modelo custa cerca de R$ 40,00.

Protetor Personalizado: Esse modelo é confeccionado em laboratórios especializados a partir de um molde da arcada do paciente feito pelo dentista. O protetor bucal personalizado é fabricado com lâminas de EVA e outros materiais intercalados, isto permite aumentar o nível de proteção de acordo com a quantidade de camadas. Além disto ele pode ser personalizado com cores, imagens e escritas e interfere muito pouco na fala e na respiração. Sem dúvidas esta é a escolha dos atletas de nível profissional. Suas desvantagens são o preço que geralmente é a partir de R$ 400,00 dependendo do nível de proteção, das personalizações e o tempo de fabricação que leva cerca de uma semana.

Em quais esportes usar o Protetor Bucal?

Em geral qualquer esporte com alto impacto e contato físico intenso é recomendável o uso do protetor dental.

Além disso o tipo pode ser dividido pelo grau de impacto:

• Leve (1 camada): academia, corrida, ciclismo, hipismo, voleibol e futebol.

• Média (2 Camadas): judô, luta livre, basquete, motocross, skate e patins.

• Pesado (3 Camadas): Vale-tudo, MMA, boxe e karatê.

Cuidados com seu Protetor Bucal

O protetor dentário pode ser lavado com água fria e sabão neutro, depois basta secar e guardar em estojo próprio. Não morda o aparelho para evitar que diminua sua eficácia.

O protetor não deve ser fervido ou ficar em ambientes quentes para não deformar. A peça precisa ser substituída regularmente para a máxima eficácia. Normalmente a durabilidade é de um ano.

#Protetorbucal #ProtetorDental #Protetorpersonalizado

Destaques
Arquivos
Redes Sociais
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon